quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Quase tudo sobre amor


Quando você acha que sabe tudo sobre o amor, é justamente nessa mesma hora que ele te surpreende e tudo que você pensava que sabia, some da sua mente.
O amor não é um simples sentimento, e em questão de tempo você vai descobrir que ele é maior que tudo aquilo que imaginou.

O amor chega na extremidade do tempo e não, não mesmo, o amor não acontece do nada como as vezes costumamos dizer. O amor surge das paredes do tempo, da velha história de infância,  de um olhar inesperado, um sorriso carinhoso ou até mesmo um abraço apertado. O amor não vem das frases prontas, dos efeitos do dia e da noite, do lugar lindo que se conheceram, o amor não vem da música que ele copia para você ou das cantadas baratas, que as vezes te dá vontade de dá risada  e nem dos contos de fadas, pois esse é fruto da imaginação.

O amor vem da alma, de um gesto carinhoso e até mesmo do medo da perda, mas não pense que é daí que vem o perigo. Sofrer por amor? Não mesmo! Nós não sofremos porquê amamos e sim por não sermos correspondidos. Mas será que temos algo de errado? Que eu saiba não, amar é para quem sabe ser feliz, é para quem quer ter alguém especial ao seu lado, seja em momento de alegria ou tristeza. Não ser capaz de amar é como restringir e limitar uma certa fonte de felicidade.

Amor não se retribui, pois não estamos falando de  compaixão. Confundir um amor pode acabar com as nossas próprias expectativas, por isso nunca se esqueça, gostar não é a mesma coisa que amar.
Ter pressa de amar, esse sim é um erro, você vai acabar confusa e sem saber o que fazer, então não tenha pressa de amar, não saia por aí achando que porque aquele garoto olhou para você, é porquê ele te ama e você também já está amando ele, porque não é assim e o amor vai chegar na hora certa, não importa o quanto demore.

Quando sentimos saudades de um amor é porque toda a história que vocês viveram juntos foi verdadeira, então sempre guarde o que ficar de bom. O amor não deixa mágoas e nem ressentimentos, não queira confundir-lo com paixão, pois essa sim pode ser passageira, pode ser quente e se apagar a qualquer momento.

Você já pensou como seria viver em uma história de amor!? Mas nesse momento sempre lhe vem a mente aquele filme de infância, mesmo sabendo que possa ser diferente, e sim é diferente, então não adianta esperar por algo que não vem, apenas queira amar e ser amada, não importa se ele não é um príncipe e não importa se esse amor não vai nascer na França  ou em Roma, o que importa é que vocês se amem. 
O amor é assim, imprevisível, inserto, diferente, alegre e como você quiser descrevê-lo porque só você pode dizer o que está sentindo.            


 Beijinhos
 Carol Chaves

4 comentários:

  1. lindoooo post <3
    http://borboletasdegelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. eu digo que amor é aquele cheiro de porto seguro. Um cais para atracar e não temer as tempestades.

    Lindo texto!!!
    beijo meu,
    MF.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário! BJS!!